acijip


Go to content

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Reunião de Formação do Núcleo Gastronômico
Reunião de Formação do Núcleo Gastronômico
Reunião encaminha formação do Núcleo Gastronômico da Acijip Uma reunião realizada na tarde da última terça-feira (28) deu início à formação do Núcleo Gastronômico da Associação Comercial e Industrial de Ji-Paraná (Acijip). Seis empresários do ramo participaram da apresentação do que é um núcleo e quais benefícios podem ser conquistados através da concepção de núcleos setoriais. Os chamados núcleos surgiram em 1991 e consistem em um agrupamento de empresas do mesmo nicho. Este grupo reunido identificará as dificuldades enfrentadas pela maioria e buscará soluções frente a órgãos de fomento às empresas. O núcleo é formado por coordenador, vice-coordenador, secretário e não tem limite no que diz respeito à quantidade de empresas. “A Acijip já possui dois núcleos em funcionamento: o de Concessionárias de Automóveis em Ji-Paraná e o Duas Rodas, que agrega oficinas de carro e moto. Por meio dos núcleos, esses empresários já conseguiram custeio de viagens a feiras do ramo e derrubada de entraves administrativos, como leis e taxas consideradas abusivas”, relatou o presidente da Acijip, Hugo Araújo. Para o empresário Adamastor Pinheiro, o núcleo é uma boa opção para as empresas. “Teremos maior poder de barganha em compras e outras vantagens, acho que a ideia é muito boa e precisa ser fortalecida”, disse. Para aderir ao núcleo, a empresa precisa ser associada à Acijip. Com o núcleo em funcionamento, existirá uma mensalidade, que formará o caixa do núcleo, gerido e empregado da melhor forma pelos componentes do núcleo. Uma empresa pode ser nucleada a partir da participação da terceira reunião consecutiva e deve manter regularidade nas reuniões de pelo menos 33,33%. A segunda reunião do Núcleo Gastronômico está marcada para a próxima terça-feira (4), a partir das 16h, na sede da Acijip, e é aberta a todos os associados que trabalhem com gastronomia. Fonte: Decom
28/07/2015
veja mais
Acijip faz pré-lançamento da 5º Fecomind
Acijip faz pré-lançamento da 5º Fecomind
Acijip faz pré-lançamento da 5º Fecomind Imagem da 4ª Fecomind A Associação Comercial e industrial de Ji-Paraná (Acijip), realizou na manhã desta sexta-feira (17), um pré-lançamento da quinta edição da Feira do Comércio e Indústria (Fecomind). O evento foi voltado para a imprensa local e serviu para divulgar datas e o projeto da feira. Nesta edição, uma das metas da diretoria da Acijip é diminuir o valor dos estandes que serão oferecidos aos empresários. O presidente da associação, Hugo Araújo, deu mais detalhes sobre a redução de valores. “Queremos que a Fecomind funcione para todos os associados, e, em edições anteriores, o custo de cada estande saía do alcance de algumas empresas. Não queremos que a Fecomind exclua ninguém e sim que fomente negócios para todos”, relatou, lembrando que o valor de cada estande ainda não foi definido pela organização. 5ª FECOMIND A quinta edição da Fecomind, maior feira de comércio e indústria de Rondônia e uma das mais significativas da região Norte, acontecerá no ginásio de esportes Gerivaldo José de Souza, o Gerivaldão, entre os dais 14 e 17 de outubro. A Fecomind tem entrada franca e costuma receber em média 70.000 pessoas de Ji-Paraná e região, além de gerar negócios que ultrapassam a marca de R$ 30 milhões. Estará a disposição do público praça de alimentação, área de lazer e mais de 200 estandes de diversos segmentos de negócios. Os interessados em participar da Fecomind podem procurar a Acijip por meio do telefone (69) 3421-5680 ou vir até a sede, que fica na avenida Marechal Rondon, nº 993, sala D, Centro.
17/07/2015
veja mais
Por meio de liminar, mercadorias de associados da Acijip serão liberadas pela Suframa
Por meio de liminar, mercadorias de associados da Acijip serão liberadas pela Suframa
Por meio de liminar, mercadorias de associados da Acijip serão liberadas pela Suframa O atendimento da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) em Ji-Paraná será normalizado para empresários que façam parte da Associação Comercial e Industrial de Ji-Paraná (Acijip). Uma liminar foi concedida após a Acijip ter ajuizado mandado de segurança coletivo. A liminar, expedida pela 2ª Vara Federal de Subseção Judiciária de Ji-Paraná, determina o desembaraço aduaneiro das mercadorias. De acordo com a liminar, a Suframa tem cinco dias para normalizar o atendimento, a partir do momento em que for notificada. Caso não cumpra a decisão judicial, receberá multa diária de R$ 3.000,00. Atendendo de forma limitada há cerca de 50 dias em busca de equiparação salarial, a Suframa tem barrado a entrada de mercadorias no município, o que tem prejudicado diversos empresários. O presidente da Acijip, Hugo Araújo, o município poderia enfrentar desabastecimento de vários produtos devido a greve. ""A situação é muito preocupante. Nós já estamos no limite. Muitas empresas com mercadorias paradas, funcionários parado. A gente entende a razão da Suframa, precisa melhora mesmo, mas quem está pagando o pato somos nós empresários", relatou. Os associados da Acijip que precisem de mais informações sobre como proceder para receberem mercadorias retidas na Suframa devem entrar em contato com a associação para viabilizar a liberação da carga. Caso a Suframa descumpra a ordem, a Acijip deverá ser informada para tomar as providências cabíveis. Fonte: Decom Foto: Pamela Fernandes
16/07/2015
veja mais
Ji-Paraná terá Conselho de Desenvolvimento Econômico
Ji-Paraná terá Conselho de Desenvolvimento Econômico
Ji-Paraná terá Conselho de Desenvolvimento Econômico A cidade de Ji-Paraná terá implantando nos próximos dias o Conselho de Desenvolvimento Econômico que será formado por representantes da Prefeitura Municipal, ACIJIP, CDL, Facer, Sebrae, OAB, CREA, Entidades de Ensino Superior, BASA, Banco do Brasil e Caixa Econômica. O Condeji, como está sendo chamando, terá como finalidade de estudar e oferecer incentivos à política de desenvolvimento empresarial do Município; promover estudos relativos a concessão de incentivos e benefícios às empresas que venham a se instalar na cidade, e àquelas empresas que promoverem ampliações em sua estrutura. Também ficará sob responsabilidade do Condeji a política de concessão de lotes do novo distrito empresarial da cidade de Ji-Paraná. Serão os membros do Conselho que farão a avaliação das propostas técnicas para obtenção de áreas públicas voltadas para finalidade empresarial na cidade. O primeiro passo já foi dado com a aprovação da Lei Municipal nº 2850, de autoria do Poder Executivo, que regulamentou as atribuições do Conselho. Nos próximos dias as entidades representativas indicarão seus membros titulares e suplentes para compor o Conselho. Na noite da última segunda-feira (14), na sede da Associação Comercial e Industrial de Ji-Paraná (ACIJIP), ocorreu a primeira reunião com as entidades vinculadas ao Conselho, quando foi apresentado o projeto técnico de estruturação do novo distrito empresarial da cidade de Ji-Paraná e também modelos de outras cidades brasileiras que possuem distritos empresariais viáveis e bem-sucedidos. Presente na reunião, o Prefeito Jesualdo Pires (PSB), disse que, prioritariamente, o Condeji terá a finalidade de criar instrumentos eficazes para alavancar a economia do município e estabelecer as condições para a implantação de novas empresas no Distrito Empresarial. Já o presidente da ACIJIP, Hugo Araujo, ressaltou o desejo das entidades vinculadas ao Conselho em desburocratizar a vida dos empreendedores. “É um conselho que buscará facilitar para quem deseja investir em Ji-Paraná. Uma cidade se desenvolve, quando o setor privado está em ascensão, gerando mais empregos, renda e fazendo com o dinheiro circule em maior escala na cidade”, salientou. Distrito Empresarial– Adquirido pela prefeitura de Ji-Paraná por meio de convênio com a Caixa Econômica Federal, o distrito empresarial do município conta com uma área de terras, medindo 100 hectares, ou um milhão de metros quadrados, localizado às margens da BR-364, saída para Presidente Médici. Na aquisição foram investidos R$ 3 milhões na aquisição da área. Com a criação do Conselho de Desenvolvimento Econômico, os membros poderão deliberar sobre o tamanho dos lotes e as condições para concessão às empresas, bem como discutir os investimentos em infraestrutura que serão realizados no local. Fonte: Decom/Prefeitura de Ji-Paraná
14/07/2015
veja mais
Design: Kampô Design Webmail ACIJIP CBK-ADMIN

Back to content | Back to main menu